quarta-feira, 23 de junho de 2010

Dunga, estou com você!


Mesmo não convocando alguns jogadores que a maioria dos brasileiros gostariam, o técnico da nossa seleção está certo e eu estou com ele. Logicamente, não estou falando só de futebol, até porque eu também sou um amante do futebol bonito e, na minha opinião, jogadores como Ganso, Neymar e Ronaldinho deveriam disputar ao menos uma vaga para essa copa.

Penso que o Dunga está certo porque é uma pessoa de personalidade, que tem suas convicções e não abaixa a cabeça para ninguém. Aliás, a atual postura da nossa seleção é aquela que sempre pedimos, de jogadores jogando com prazer, raça e ganhando títulos. Isso não tem o dedo dele?

É do conhecimento de qualquer um que acompanha futebol, que o Dunga foi um vencedor como jogador e tem se apresentado um técnico vitorioso, tendo em vista que já ganhou a Copa América em 2007, a Copa das Confederações em 2009 e classificou-se com folga nas eliminatórias para a Copa de 2010.

Ainda vale lembrar que, desde 2006, em 4 jogos disputados contra os argentinos, vencemos 3 e empatamos 1. (Amistoso em 03/09/06 - Brasil 3x0 Argentina; Final da Copa América em 15/07/2007 - Brasil 3 x 0 Argentina; Eliminatórias Fifa em 18/06/2008 - Brasil 0 x 0 Argentina; Eliminatórias Fifa em 05/09/2009 - Argentina 1 x 3 Brasil).

Então está na hora de pararmos de criticar a pessoa mal humorada Dunga, apoiarmos o nosso técnico e principalmente a nossa seleção. Eu também seria mal humorado se tudo o que aconteceu de ruim numa copa, como aconteceu em 90, fosse atribuído a uma pessoa (ele).

Entendo que não se deve generalizar em nada, mas muitas vezes jornalistas que representam empresas acabam pagando o preço e a vida segue assim...

Dunga, apenas para para finalizar, parabéns por manter a hombridade, não se vender e manter sua palavra até o fim!

2 comentários:

  1. Compartilho da mesma opinião e sempre que tenho a oportunidade falo que o Dunga é injustiçado.

    Mas sabemos que isso é nadar contra a corrente.

    A população brasileira, principalmente a nossa geração (final dos anos 80) é altamente manipulável.

    Falam mal da Globo mas é o canal mais assistido na TV aberta. E o Dunga, com seu jeito de ser, comprou uma briga com a emissora. Logo, meio que subliminarmente, é feita uma corrente contra o técnico. E, ainda que de uma maneira velada, todos torcem para que a seleção afunde.

    Agora, só discordo do seguinte... não levaria Josué, Kleberson, Doni e Grafite para a Seleção, mas também não levaria Ronaldinho e Neymar não. Neymar é moleque, imaturo e imbecil, que não corresponde com o que se espera dele. E Ronaldinho não tem compromisso com mais nada, seja em clube, seja em seleção. Falar que ele arrebentou no Milan é exagero. Jogou bem. Ponto. Não foi excepcional. Acredito que a filosofia do Dunga em premiar o compromisso com a pátria em detrimento ao estrelismo pessoal dos atletas surte efeito. Vemos hoje um Kaká sangue nos olhos, que parte pra briga, que fala duro em entrevista, tudo porque o Dunga o faz se comportar assim. Prefiro ver jogadores motivados do que bandos e mais bandos de estrelas sem compromisso e sem resultados.

    E outra coisa... dá para contar nos dedos as Seleções que foram campeãs de uma copa do mundo jogando um futebol encantador e revolucionário. Consegue citar 3? Vem a cabeça as seleções de 58 e 70, a Argentina de 86 talvez, pelo show a parte do Maradona... acredito que só.

    Muita gente fala que a Seleção de 94 jogava feio. Discordo até a morte!! Era um timaço, eficiente demais, com dois atacantes acima da média, laterais de qualidade ímpar, volantes monstruosos ,uma zaga que se mostrou segura(mas que até então não era, visto que a zaga da copa foi a zaga considerada reserva, titulares eram o seu técnico lá e o Pedro Rocha) e um goleiro com estrela.
    A Seleção de 2002 deu espetáculo, ainda que tenha jogado jogos ruins, como o 1x0 contra a Bélgica nas oitavas, os dois jogos contra a Turquia. Foi campeã e teve dois jogadores que fizeram uma copa espetacular, Ronaldo e Rivaldo.

    Acho que a síntese das Copas do Mundo é isso. Times mais ou menos com craques que decidem na hora H é que levam o título. Ponto. A exceção ocorre quando temos esporadicamente gerações espetaculares, que ainda assim, nem sempre conseguem levantar o caneco (vide a Laranja Mecanica e a Hungria de Puskas por exemplo).

    Dunga está mais do que certo. Só pecou pelo excesso. Mas antes pecar pelo excesso do que pela omissão. Copa do Mundo não é torneio para crianças. É competição pra homem. Por isso quem está lá nas semis e finais são sempre os mesmos. Seleções cascudas que, jogando bonito ou jogando feio, sabem chegar.

    ResponderExcluir
  2. Não sou muito a favor do método Dunga de comandar a seleção até porque gostaria de ver Ganso e o Gaúcho na copa. O Neymar eu não levaria, mas isso é uma outra história.

    Quando falo no método Dunga quero dizer como escala o time e o colca para jogar. Porém, seu resistência diante da mídia e, principalmente, da Globo nos mostra que ainda existem pessoas de coragem para fazer isso.

    Sinceramente a seleção não me agrada desde 1998, mas também não torço contra. Apenas quero ver um bom futebol no torneio mais famoso do mundo.

    ResponderExcluir